Tese de doutorado lute como uma gorda: gordofobia, resistências e ativismos.

Minha tese de doutorado foi entregue ao Programa de Pós Graduação Estudos de Cultura Contemporânea – ECCO, da Faculdade de Artes e Comunicação, Universidade Federal do Estado de Mato Grosso – UFMT, dias antes da quarentena, por isso ainda não está disponível na biblioteca da Universidade.

Muita gente tem me perguntado sobre ela, então conversei com meu PPG e eles me disseram que eu posso disponibiliza-la enquanto essa pandemia não termina, e as pessoas voltem a trabalhar na Universidade.

Assim que abaixo, deixo disponível para dowlond minha tese, escrita em primeira pessoa, com muito afeto, potência e resistência. me coloco a disposição para qualquer duvida, sugestão, crítica, etc.

Tese de doutorado lute como uma gorda: gordofobia, resistências e ativismos.

Agradeço, primeiramente, a todas as mulheres gordas que abriram suas histórias, dores e afetos na contribuição dessa pesquisa. Ao meu companheiro gordo de sonhos e lutas, Salomon Morales Cano Jimenez, que sempre esteve ao meu lado em todas as horas, tanto nas boas como nas difíceis.

Agradeço à amiga, professora e orientadora Juliana Abonizio, que fez essa proposta de pesquisa ser possível e me libertou da escrita em terceira pessoa.

Obrigada a todas as pesquisadoras que, antes de mim, ousaram pesquisar autoetnografia, cultura, corpo gordo e feminismo, fazendo com que minha caminhada fosse mais suave.

Com muito carinho, agradeço a todos os meus alunos e amigas que, de alguma maneira, apoiaram meu trabalho e confiaram na minha capacidade intelectual. A todas as mulheres que fazem parte da minha rede de apoio, em especial as Gordas Xômanas, em Cuiabá, que estiveram ao meu lado nessa caminhada.

Agradeço fortemente ao Programa de Pós-Graduação em Estudos de Cultura Contemporânea – ECCO, da Faculdade de Artes e Comunicação, da Universidade Federal de Mato Grosso – UFMT, por dar a possibilidade de nos encontrarmos como pesquisadores na ação do fazer pesquisa.

Gratidão à Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso – FAPEMAT, pelo auxílio essencial nesta pesquisa.

LINK abaixo:

lute como uma gorda: gordofobia, resistências e ativismos.

Boa leitura!

6 comentários em “Tese de doutorado lute como uma gorda: gordofobia, resistências e ativismos.

  1. Oie Malu, vc não sabe o quanto fiquei feliz ao encontrar sobre sua tese na internet, estou técnica de enfermagem e estou no meu último ano da faculdade de enfermagem, e o tema que escolhi para meu TCC é sobre obesidade, o preconceito e a assistência de enfermagem em cima disso, baixei seu livro para ler pq tenho certeza que ele vai ter pontos para ajudar no meu TCC, só o titulo do seu livro já me chamou a atenção, então bora começar a leitura.

    Curtir

    1. Oi Andréia! Seja bem vinda! Agradeço pelo interesse ❤️ te convido ao Curso Online Introdução aos Estudos do corpo gordo, acredito que possa te ajudar ainda mais. Se tiver interesse da uma olhadinha lá na bio do Instagram @estudosdocorpogordo, estamos com inscrições abertas, últimas vagas! bjo grande

      Curtir

  2. Oi, Tudo bem Malu?
    Estou fazendo Licenciatura em Geografia, sempre gostei dessa temática e quero fazer um TCC sobre, foi de grande valia sua tese, com certeza irá me ajudar muito. Obrigada por tudo.
    VOCÊ É MARAVILHOSA.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: