meu corpo minha festa

meu corpo, minhas regras – grito de ordem feminista La Iglesia dice: El cuerpo es una culpa. La ciencia dice. El cuerpo es una máquina. La publicidad dice: El cuerpo es un negocio. El cuerpo dice: Yo soy una fiesta – “Las palabras andantes‎” – Eduardo Galeano Texto e Imagens de Íra Barillo Cria imagensContinuar lendo “meu corpo minha festa”

O desafio de se envolver com uma mulher gorda e preta

Importante começar esse texto dizendo que ele não é fácil de ser lido e, se assim como eu, você é uma mulher gorda e preta, vai ser difícil de ler. Nesses cinco anos que eu enfim venho encarando a questão racial de frente, muitas questões vem permeando a minha existência, mas a que mais meContinuar lendo “O desafio de se envolver com uma mulher gorda e preta”

MEU CORPO GORDO

Um corpo. Um corpo gordo. Meu corpo gordo. Perdi a conta de quantas vezes deixei de viver os momentos, de quantas vezes deixei de estar em algum lugar ou fazer algo por completo, apenas porque meu corpo era diferente, era um corpo gordo. Depois de viver muitos anos assim, triste e escondida, estou lutando contraContinuar lendo “MEU CORPO GORDO”

Jornalista gorda existe?

Hoje, 7 de abril é comemorado o dia do jornalista. Convidamos a jornalista e ativista Agnes Arruda para compartilhar a vivência dela como mulher gorda e jornalista. Com o conhecimento que tenho hoje, olho para trás, para o tempo da época da faculdade de Jornalismo, e nem me leio como gorda. Era, de fato, maiorContinuar lendo “Jornalista gorda existe?”

Precisamos movimentar nossos corpos por amor e não por ódio

Dia Mundial da Atividade Física Hoje, 6 de abril é comemorado o Dia Mundial da Atividade Física. Nós, integrantes da gordosfera, sabemos que exercícios físicos e gordos não podiam ser empregados na mesma frase, a não ser, é claro, quando se tratava de emagrecimento. Academias, clubes, pistas de caminhada, centros de treinamentos sempre foram lugaresContinuar lendo “Precisamos movimentar nossos corpos por amor e não por ódio”

Discoperformance: “A FELICIDADE DO CORPO GORDO”

Discorperfomance: “A Felicidade do Corpo Gordo”, de DJ Nanny. Essa discoperformance a gente vem mostrar o outro lado, que é a felicidade de ser gorde. Somos muito felizes em ser gorda, temos o prazer em amar esse corpo que é tão desprezado, e que tão nos faz sentir bem.

História de um corpo gordo

A dor que um dia aqui reinou Por injurias que esse corpo já presenciou “GORDA, VOCÊ PRECISA EMAGRECER “ E sempre um padrão estão querendo me estabelecer. O templo que meu corpo é buscava amor em outros corpos Pois o amor que mais necessitava Foi desde criança ensinada a ser rejeitada. Uma vida que começouContinuar lendo “História de um corpo gordo”