Monitoria Escritas Afectivas

Encontre sua escrita potência! ONDE As aulas acontecerão ao vivo pelo zoom via SYMPLA 100% online QUANDO Em 5 encontros nos sábados – Das 17hs as 19hs horas – A turma fecha quando as vagas são preenchidas. Começamos dia 13 de novembro de 2021. COMO A proposta é que em 5 aulas de 2hs cada,Continuar lendo “Monitoria Escritas Afectivas”

Escritas Afectivas

Minhas Dores e Amores Por Aline Esha Escrevo este texto inundada de emoções. Entrar nesta Monitoria foi uma resistência bem grande, por muito tempo meus textos foram corrigidos, recorrigidos e invalidados, em algum momento da minha vida eu desisti de escrever , resolvi me colocar atrás da frase eu não sou boa em fazer textoContinuar lendo “Escritas Afectivas”

ASSESSORIA/MENTORIA ACADÊMICA lute como uma gorda!

Você precisa de Assessoria, Mentoria Acadêmica na àrea dos Estudos Transdisciplinares do Corpo Gordo, autoetnografia, epistemologias subalternas e feministas, estudos de cultura, autoetnografia e escritas afectivas de potência? Quer uma leitura crítica sobre um texto, ou seu projeto de TCC, a monografia final, o projeto de Mestrado, Doutorado ou Pós doutorado, preparar uma palestra, aula?Continuar lendo “ASSESSORIA/MENTORIA ACADÊMICA lute como uma gorda!”

CHAMADA PÚBLICA PARA ARTIGOS E ENSAIOS – RBSE REVISTA BRASILEIRA DE SOCIOLOGIA DA EMOÇÃO

Chamada Pública para Artigos e Ensaios para RBSE Revista brasileira de Sociologia da Emoção

Dossiê: Corporalidades Gordas: emoções, cultura e resistência.

curso online | Insurgências Gordas

Intensivo reúne nomes da pesquisa e militância gorda do país em aulas online com temas que vão de saúde mental a racismo; de filosofia à literatura;  Estão abertas as inscrições para o curso Insurgências Gordas, que ocorre entre os dias 18 e 28 de janeiro de 2021. Com curadoria das pesquisadoras e escritoras gordas JéssicaContinuar lendo “curso online | Insurgências Gordas”

O corpo gordo feminino como resistência !

Para Denise Sant’anna (1995: 12), “o corpo é, ele próprio um processo. Resultado provisório das convergências entre técnica e sociedade, sentimentos e objetos, ele pertence menos à natureza do que à história.” Cada grupo social imprime expectativas em torno ao corpo. Para Foucault (1997: 127), em qualquer sociedade o corpo é um locus de poder,Continuar lendo “O corpo gordo feminino como resistência !”

Como pode? Mulher gorda pode!

Há anos, já perdi a conta de quantos, venho experimentando uma exclusão sob a mirada vigilante e julgadora de pessoas dentro do meu convívio social. Um olhar diferenciado que me diz coisas, de repulsa, engano, reprovação, aversão, nojo, medo e muitos outros diversos sentimentos expressados, apenas com o afrontar através dos olhos e algumas vezesContinuar lendo “Como pode? Mulher gorda pode!”

MEU CORPO GORDO É POLÍTICO: RESISTE AOS PADRÕES DA BELEZA E SAÚDE.

Muitas mulheres mandam depoimentos por minhas redes “Estudos do Corpo Gordo Feminino”, perguntando como eu consegui ver meu corpo gordo grande, de outra maneira, que não fosse através do que as mídias capitalísticas vendem por beleza e saúde. Talvez não nessas palavras, mas se resumem a isso: Como eu consegui ou consigo ultrapassar a concepçãoContinuar lendo “MEU CORPO GORDO É POLÍTICO: RESISTE AOS PADRÕES DA BELEZA E SAÚDE.”

Mulheres Gordas numa sociedade lipofóbica, merecem a sororidade de todas, todos e todes.

O que é ser gorda numa sociedade lipofóbica? Já se perguntou isso? Já parou para pensar, o que é viver num corpo social que prega a magreza como felicidade, para uma mulher que não se encaixa nesse corpo endeusado no mundo contemporâneo? Se não, deveria, essa ação é a tal palavrinha mágica que está naContinuar lendo “Mulheres Gordas numa sociedade lipofóbica, merecem a sororidade de todas, todos e todes.”

A importância do feminismo para o planeta.

O feminismo é amor. Já ouviu ou leu isso em algum lugar? Essa frase poderia ser considerada a melhor definição, bem sucinta, do que é e/ou significa esse movimento, essa luta. A maior preocupação do ativismo feminista, não importando sobre qual vertente, lugar ou comunidade dentro do feminismo, é o cuidado. Isso mesmo, o cuidarContinuar lendo “A importância do feminismo para o planeta.”